Laércio participa de reuniões para atrair investidores portugueses

Laércio participa de reuniões para atrair investidores portugueses

O deputado federal Laércio Oliveira está em Lisboa, participando da Conferência Internacional do Setor de Serviços Brasil-Portugal, um marco importante nas relações entre os dois países. É mais um passo para buscar soluções conjuntas para o desenvolvimento do setor de serviços, que em ambos países representam 70% do PIB. O deputado falou no evento sobre a recuperação da economia do Brasil e a melhoria do ambiente de negócios para investidores estrangeiros. Participaram da abertura o ministro da Economia de Portugal, Manuel Caldeira Cabral e o Embaixador do Brasil em Portugal, Luiz Alberto Figueiredo Machado, entre outras autoridades.

“Estamos dando esse passo para abrir novos caminhos para investimentos de empresas brasileiras, gerar mais negócios e ajudar a estabelecer relacionamentos internacionais virtuosos. O Brasil cada vez mais se torna um país competitivo para investidores de outros países e temos trabalhado nesse sentido diuturnamente no Congresso Nacional, a fim de melhorarmos o ambiente de negócios”, disse Laércio.

O parlamentar lembrou que o Brasil vive um momento de consolidação do processo democrático e da estabilidade macroeconômica. “Trabalhamos e aprovamos importantes leis nesse sentido, a exemplo da Lei 13.429 que regulamenta a Terceirização no Brasil e a Reforma Trabalhista alinhando o Brasil a outros países como a Alemanha, a Austrália, o Chile, a Colômbia, a Espanha, o Japão, o Peru e a África do Sul, sem perder de vista a irrenunciável proteção do trabalhador”, explicou.

O deputado lembrou que sem liberdade de empreender, padece boa parte do valor social do trabalho. Ora, esse valor fundamental do Estado brasileiro depende da criação de oportunidades de empreender, dinamizando a economia e também a geração de empregos. “Cerca de 50% dos empregos no país existem em micro e pequenas empresas e, sem a mencionada liberdade aos empreendedores, muitas vezes na criação de empresas prestadoras de serviços a outras empresas, impacta-se negativamente na criação de empregos”, disse.

A Conferência Internacional do Setor de Serviços Brasil-Portugal tem a organização da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil e de Portugal e é uma realização da Confederação do Comercio e Serviços de Portugal (CCP) e da Central Brasileira do Setor de Serviços (Cebrasse). O evento tem a produção da CPL Meetings & Events e conta com o apoio da Fundação Brasileira de Marketing (FMB), Federação Nacional das Associações dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (FENADVB), Instituto ADVB, Confederação Empresarial de Portugal (CIP), Skal Internacional São Paulo, Associação de Jovens Empresários Portugal-China (AJEPC), Federação Sino PLPE e Céltica Viagens e Negócios.

 


Holler Box